Sábado, 3 de Novembro de 2007

sexy time (not sex)


( porque algo mo lembrou )

 

 


tenho UM (1) relógio…


um “velho” Seamaster 120 que, em 25 anos nunca me deu o mais ligeiro problema


não é “da moda”, ainda que o continue a achar lindíssimo…

não é em ouro, mas foi construído com bons materiais e duráveis…

a sua única particularidade é ser relativamente “raro”…

de resto… cumpre as suas funções na perfeição

 

há pouco tempo, houve quem me tenha dito:


– um homem como você já podia ter comprado um relógio melhor.

 

à partida, fico logo “à rasca” com esta coisa do “um homem como você”.

pela parte que me toca, tanto pode ser pela coisa mais excelente, como pela mais errónea ou mesmo insultuosa.


preferia que dissessem

“um homem bonito como você” ou “tesudo como você”…

mas pronto… seja.

 

depois…

um relógio melhor ?!

“melhor” em quê ?

com mais horas ? (dava jeito…)

com minutos em ouro ?  segundos em diamante ?

 

okay… vou parar de me fazer desentendido.

 

esta mania, que se tem, de que alguém aparentemente bem sucedido tem de “consumir” o último traque tecnológico ou de se “uniformizar” com o gajo na capa da Forbes… é estúpida !

 

ter sucesso é conseguir atingir algo na vida e procurar ser excelente naquilo que se atingiu.

ora… o meu relógio é um sucesso

atingiu a excelência através de 25 anos sem uma falha

invejo o meu relógio nisso

não vejo porque haveria de desejar outro !

 

não gostaria que lá na empresa me trocassem por um gajinho acabado de encontrar…

só porque fosse mais novo, mais bonito ou mais cintilante do que eu.

não percebo porque hei-de trocar o meu Omega por um Rolex…

 

bom... não vos quero “aborrecer de morte”

(ainda por cima num fim de semana)

passo já ao raciocínio por detrás da coisa…

 

“antigamente” dizia-se que um relógio era como um amigo.

 

hoje em dia parece-me que, muita vez, se vêm os amigos como se relógios fossem… na mesma perspectiva consumista

e quem diz amigos, diz…

 

é algo assustador

 

vale a pena pensar um pouco nisso...

bom fim de semana para todos



 


 

sou um orgulhoso do caraças com o meu Seamaster… lol

( e não… … não está à venda, esqueçam )


 


 

sinto-me: renovador (ando em obras)
música: Time - (Pink Floyd)

publicado por sextrip às 20:46
link do post | comenta a Trip | adicionar aos escolhidos
|
39 comentários:
De Infiel a 3 de Novembro de 2007 às 21:32
Pois! as modas ....o vizinho tem ... já não se usa...

pessoalmente não uso relogio, mas recordo-me do meu velhinho "qualquer coisas" que a minha mãe me ofereceu quando fiz, a 4ª classe, nessa altura usava-o com muito orgulho (tinha uma bracelete vermelha heheh) e ainda o devo ter, guardado em qualquer caixa no canto do sotão..

mas não deixei de o usar porque passou de moda ou algo assim, eu é que deixei de necessitar dele, não gostava que ele me controlasse haha (da-me vontade de rir esta minha associação, ao mesmo tempo que escrevo, tomo consciência do que me aconteceu)

mas o assunto era, descartar amizades como se fazem com as coisas "fora de moda" ou "mais de acordo com o status social, quantas pessoas deixam de falar com os amigos de infãncia porque, eles "não subiram na vida" Triste muito triste!

Sociedade consumista mas, o pior é ainda os que vão na conversa só porque querem parecer bem

Por isso eu gosto de pessoas seguras de si mesmo, que sabem o que querem, independentemente de ser ou não moda; de ser ou não a opinião geral, sabem defender seu ponto de vista e viver de acordo a ele

Por isso tambem sou meio loba , vista como alguem que anda com calças justas quando a moda dita as largas, quando falo com o calceteiro da mesma maneira que falo com o director da empresa, porque ele merece o meu respeito enfim... que haja mais lobos por aí



De sextrip a 4 de Novembro de 2007 às 23:40
infelizmente, já desiludi amigos meus.
felizmente, não muitas vezes (porque me magoou perceber o quanto os magoei) e não mais aconteceu a partir de (+/-) metade da minha vida.
não sou perfeito e errei.

no entanto e em verdade, nunca descartei nenhum.
nunca confundi um "conhecido" (ainda que estimado) com um "amigo" e nem mesmo a um conhecido descartei.

os "conhecidos" que tenho por interesses limitam-se à esfera profissional e aí não existem amargos de boca, a postura é recíproca.
(tubarões não têm sentimentos, conforme diz um colega meu, lol lol...)

talvez que isso, depois, na vida particular acentue ainda mais a necessidade de Amigos verdadeiros...

virá isto um pouco descontextuado daquilo que falamos (?) - é provável.
e principalmente daquilo que comentaste (?) - sim, mas não leves a mal... tento apenas discorrer.

por vezes dou comigo a ouvir coisas do tipo: "- quero entrar no clube "X", tenho de ver se faço amizade com o gajo "Y", que é um gajo graúdo lá dentro".

depois penso para comigo: das duas uma... ou tenho a mania que sou um suprasumo da ética relacional... ou sou mesmo um dinossauro inadaptado a esta porra toda.

a tentação em acreditar na segunda hipótese é grande... porque esse alguém lá acaba fazendo "amizade" com o tal "Y" e lá acaba entrando no clube "X"... o que me acaba sugerindo que em muitos dos relacionamentos actuais existe um espacinho já previsto para a coisa.

antigamente havia uma "margem" para "perdas por acidente" na descarga dos navios, que até o armador sabia de antemão que iria cobrir - deve ser algo parecido a isso, mas em termos de relações, lol lol...

bom, mas continuemos...

descartar "amigos" porque deixaram de "estar na moda" (e não é no vestir) ou nunca investir numa amizade pela razão oposta era um conceito que desconhecia até há alguns anos atrás.
okay, digam-me que sempre existiu, que eu é que fui ingénuo... mas a verdade é que nunca me havia apercebido de tal.

"esquecer" amigos que se deram mal na vida... isso sim, infelizmente sempre aconteceu.
até acontecem coisas "giras" tipo : esquecê-lo porque se deu mal e anos depois querer relembrá-lo porque afinal acabou dando-se bem... lol lol.
(mas isso são outros 500 paus ainda...)

estou algo exausto... volto amanhã.
beijos



De Someone Else a 3 de Novembro de 2007 às 22:50
sou viciada em relógios... quem me dera que os meus durassem 25 anos em bom estado. logo na primeira semana da minha última aquisição fiz um risco no vidro enquanto estava a brincar com uma moeda...

bjnhos e bom fim de semana


De sexy_hot a 4 de Novembro de 2007 às 11:41
Só fazes asneiras!


De Someone Else a 4 de Novembro de 2007 às 11:50
é o que dá armar-me em criancinha e andar a fazer as moedas girarem e depois para as parar com a mão risquei o relogio porque uso-o com o vidro para baixo. lol


De sextrip a 5 de Novembro de 2007 às 11:55

olá moças... bom dia.
uma vez li algo acerca desse hábito de usar o relógio ao contrário (se encontrar, coloco aqui).
beijos às duas...


De Someone Else a 5 de Novembro de 2007 às 17:32
espero que não seja nada de mal. lol. toda a gente se mete comigo porque uso o relógio assim, mas já não me dá jeito usá-lo para cima.


De sexy_hot a 6 de Novembro de 2007 às 21:23
Tu e as tuas manias pah!

Beijinho Sextrip


De estreladosul a 4 de Novembro de 2007 às 00:26



Eu já desconfiava. Mas agora tive a certeza. Abençoado kem o tiver como amigo.

1 grande abraço

Bom Domingo

Mario Rodrigues


De sextrip a 5 de Novembro de 2007 às 12:04
ó Mário.... não esperava por este teu comentário.
foi um dos que tive de parar e "digerir"...

espero que tenhas realmente razão - apenas posso dizer que procuro, tento, ter os meus amigos "dentro" de uma consideração (em todos os aspectos) que lhes é merecida.

mesmo que hajam dúvidas, se estamos a proceder bem com um amigo ou vice-versa, temperar as coisas racionais com as "de coração" e com honestidade costuma ter bons resultados.
pelo menos... é nessa base que me comporto e não tenho tido muitos desaires ou desgostos.
(nestas coisas não existem "fórmulas" infalíveis)

um grande abraço


De estreladosul a 5 de Novembro de 2007 às 13:03


Oi amigo, eu normalmente confio sempre nas pessoas até me falharem a 1ª vez.
E para mim, kem fala assim de 1 relogio, por muito valor sentimental que tenha, o que não fará por um amigo verdadeiro?

Foi isto que eu li. Daí o comentaário

Uma semana sem escolhos

1 abraço

Mario Rodrigues


De Maaf a 5 de Novembro de 2007 às 14:24
Hi hi hi ! Descobriram-te a "careca"!!!!


De Ana a 4 de Novembro de 2007 às 00:33
Eu não sou de modas, a moda para mim é o que eu gosto e o que me faz sentir bem e aplico este lema a quase tudo .
Aproveito para tecer algumas considerações acerca de ti, porque tenho esta mania compulsiva de dizer o que penso, o que sinto, de me tornar transparente e mostrar o que sou, seja isso bom ou mau... num qualquer momento de ruptura. Aqui não há ruptura, mas antes um adeus breve, não sei quão longo será. Isto porque talvez não tenham bastado... as entrelinhas, e não quero que fiques a pensar o que não é de facto - não é preciso ter medo! Pelo contrário, tocaste-me no coração pela sensibilidade extrema, pela firmeza de carácter, pelos valores, pela simpatia, por uma infinidade de coisas que podem não ser verdadeiras, mas que li em ti. Tocaste-me ainda muito para além disto, tocaste-me na fantasia... pela sensualidade, pela sexualidade, por desejos recônditos. Tornaste-te na minha fantasia...está na hora de fazer turn off !
Beijos para ti.


De sextrip a 4 de Novembro de 2007 às 22:32
- aparte àquilo de que se fala -

fiquei triste por teres removido o teu blog - sinceramente, fiquei.
é uma perda de momentos, de palavras, de sentidos.
não se volta a reler quando aquela palavra nos faz uma estranha saudade ou quando lá se volta a tentar ver para lá da tecnologia que nos separa, ainda que se saiba isso quase impossível.
fiquei triste.
percebo-te, respeito-te na tua decisão, mas também tinha de te dizer isto.

se por um lado fico feliz por te ter transmitido tudo isso que falas acerca de mim... por outro lado, fico com um estranho sentimento de culpa.
espero que seja efectivamente um turn-off breve.

beijos


De Ana a 5 de Novembro de 2007 às 08:43
Culpa? Só se foi do que de bom me fizeste sentir. Desculpa ter escrito aqui, não seria o local ideal, mas não domino este tipo de tecnologia. Adeus. Beijos


De sextrip a 5 de Novembro de 2007 às 12:08
aceito então que "fui" e que "fiz" isso !
fica-me como algo doce que aqui consegui.

por favor, não peças desculpa por tal.
beijos...


De camoes_e_eu a 4 de Novembro de 2007 às 03:58
Há coisas com as quais, ao longo dos tempos vamos criando uma espécie de relação afectuosa, conduzindo á sua total perda de valor monetário, para passar a ter um largo valor sentimental, que preço algum cobre...
Também as verdadeiras amizades são construidas ao longo dos tempos, com bases em determinados pontos fulcrais que as tornam sólidos "portos seguros", servindo tanto, de abrigo nas intempérie, como de amigo de diversão...
Mas tal como qualquer outro relacionamento, também a amizade se vai construindo e alimentado, não me parece que quem mude de amizades consoante o sabor da moda, possa dizer que tem amigos... quando muito tem colegas ou conhecidos, não amigos.
Amizade é, a meu ver um dos bens mais preciosos que se pode ter... é mais uma daquelas "coisas" sem preço!
bjs


De sextrip a 5 de Novembro de 2007 às 12:26
« como qualquer outro relacionamento, também a amizade se vai construindo e alimentado »

verdade absoluta !
e como qualquer "construção", tem momentos altos e momentos baixos - como é "costume" na condição humana é na sobrevivência, na ultrapassagem dos momentos baixos que se vê da solidez e fecundidade das coisas.

construir algo exigirá, em qualquer momento, uma certa dose de sacrifício - é irreal querer construir só em idílica alegria e felicidade.

não entendo, por exemplo, "amizades" que não "têm paciência" para ouvir um desabafo, uma queixa a um/a amigo/a, que como oiço muita vez "já têm problemas que cheguem para, ainda por cima, ouvir a dos outros".
Amigos não são... "outros" !
devem ser, em grande medida, nós próprios.

se são "outros", não lhes chamemos "amigos".

creio que foi o Miguel Esteves Cardoso que disse uma vez que... "não podemos ter muitos amigos a sério, que é preciso ter tempo e disponibilidade para eles, que mais vale sermos verdadeiros amigos para poucos que amigos de conveniência para muitos".

as suas palavras (ainda que talvez não exactamente estas) foram motivo de grande controvérsia na altura.
pela minha parte... creio que foram as primeiras palavras dele que me calaram fundo por delas já partilhar e a partir das quais comecei a gostar dele.
goste-se ou não, encerram muito de verdade.


De sexy_hot a 4 de Novembro de 2007 às 11:45
Eu não uso nenhum tipo de relógio, mas... apenas porque tenho um pulso demasiado fino e depois qualquer tipo de relógio que vá lá parar dá a sensação de ficar demasiado grande... já para não falar que são sempre super largos... sim, até no último buraquinho na maioria das vezes fica largo!
Baggghh... eles não gostam de mim


De Someone Else a 4 de Novembro de 2007 às 11:52
tens sempre os da flick flack da swatch, são para criancinhas, por isso devem dar para o teu pulso.


De sextrip a 5 de Novembro de 2007 às 12:29
« sim, até no último buraquinho na maioria das vezes fica largo »

ainda bem que as coisas estão contextuadas (relógios, pulsos, braceletes e etc)...
senão, isto dava-se a leituras deveras "manhosas" !!!


De Miss Bradshaw a 4 de Novembro de 2007 às 13:04
adoro....amoo relogios!

mas tambem nao substitu-o o meu fininho swatch em azul cueca por nada! LOL

relogios ou nao,hoje tudo se deita fora porque ja nao se usa! eu so deixo de usar o que quer que seja quando isso ja não me fica bem ou nao me da prazer em usar!

a minha "piéce" sao os meus all strars azuis (com direito a post no meu blog xD )
estao rotos,coçados,sujos,feios e velho,mas eu n deixo de os usar por nada! sao confortaveis,ficam-me bem e so a historia que teem em cima.....acho que ja dava best seller lol

so tenho pena que nao durem 25 anos xD

ah e quanto ao seu relogio....gosto;) classico e bonito***


De sextrip a 5 de Novembro de 2007 às 12:42
será outro dos assuntos a debater:
na minha opinião, a afectividade para com determinado objecto é naturalmente incompatível com "modas".
mesmo um estilo pessoal (esse sim, diferenciador) é, na maioria dos casos, incompatível com a "moda" que, na verdade, é uma uniformização.

usar uma peça de roupa ou calçado, ainda que "velha", porque dela gostamos, nos fica bem, é confortável, etc, ainda que "desactualizada" ou adquirir objectos de boa qualidade, intemporais, com longevidade... são sinais de estilo pessoal, não sujeitos a modas !

beijos


De sextrip a 4 de Novembro de 2007 às 18:24
há aqui comentários/respostas que não esperava e... neste momento, estou algo em "ebulição", lol.
é uma coisa boa, garanto-vos - gosto de sentir isso !

o que quero dizer é que... há tantas coisas em que quereria responder-vos, questionar-vos, agradecer-vos, complementar-vos que... lol, não sei como nem por onde começar.
a minha vontade era começar a escrever, a escrever, ao sabor daquilo que me viesse à cabeça, mas... sei que isso, ainda que bom e espontâneo, acaba por surtir uma confusão danada.

não se trata de querer tempo para "limar" respostas, perdendo a frontalidade - garanto-vos, não é !
apenas... há palavras aqui que me tocaram e preciso de as "digerir" um pouco mais.

não queria, contudo, que pensassem que ainda não vos havia lido.
beijos e abraços


De anónimo a 4 de Novembro de 2007 às 23:52
Desses á a 15 euros nos ciganos,AHAHAHAHA


De sextrip a 5 de Novembro de 2007 às 12:45
não hesites... compra.
bem regateado ainda te fica por 10 e com oferta do último DVD do stallone...


De Maaf a 5 de Novembro de 2007 às 09:40
Relógios fora de moda! Desde quando um omega está fora de moda!?
Tenho um relogio que me diz muito. Mas há 5 anos que está guardado. Precisamente por uma amizade estupidamente perdida!
O relogio faz-me lembrar tudo o que já fui e tudo o que podia ser.
Quem acha que o teu relogio está fora de moda, não percebe nada da vida!

(Vejo que te tornas-te a fantasia de uma grande parte da blogosfera!!!!)


De sextrip a 5 de Novembro de 2007 às 12:55
« Quem acha que o teu relogio está fora de moda, não percebe nada da vida! »

que grande beijo te dava...
é o que também penso, sim !
mas nos círculos em que me movo não posso dizer essa verdade - tenho de fingir que sou "parvinho" e não valorizar tal coisa... lol lol lol.

º

« Vejo que te tornas-te a fantasia de uma grande parte da blogosfera »

( ... )

beijos... boa semana


De Maaf a 5 de Novembro de 2007 às 14:11
Que bom beijo recebia....

Bizou.


Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 37 seguidores

.pesquisar

 

.Abril 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.a vingança dos ursinhos...

.piaçaba

badge

.tags

. todas as tags

.ESCOLHIDOS

. Alguma vez amaste uma mul...

. Trintonas e boas!

. Destinatário Ausente (Ree...

. O perfil masculino ideal ...

. Deixem as crianças em paz...

. raríssimas

.links

.já tiveram uma trip

contador de visitas
contador de visitas

.em trip neste momento

online

.olha as horas !!!

relojes web gratis

.petição contra encerramento do Hospital Dona Estefânia

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

SAPO Blogs

.subscrever feeds