Terça-feira, 18 de Setembro de 2007

férias - 1º dia




- atrasos -


mais uma vez as minhas desculpas ; demoro a colocar os artigos por duas razões :

1º, porque insisto em dá-los a ler às pessoas envolvidas antes de os colocar aqui e “esqueci-me”, tão simplesmente, que havendo pessoas ainda em férias não têm acesso aos seus e-mails com a facilidade usual (nalguns casos já tinha autorização para os colocar mas, ainda assim insisto em que leiam primeiro).

Desejando colocá-los por ordem cronológica, acontece que logo o primeiro atrasou todos os demais.

2º, assim que contactei a empresa foi uma enchente de requisições à minha pessoa.

 

 


1º dia de viagem – 1ª visita

 

 


as férias são quase sempre gratificantes para as menages

como aliás para o sexo no geral

mais disponibilidade de tempo

outras disposições

sem dúvida, mais tesão

 

começava estas férias com três convites de outros tantos casais

três visitas que, só por si e dependendo do meu tempo, me garantiam boa companhia, bons momentos e bom sexo também

para a minha primeira visita apenas tive de percorrer uns meros 150 quilómetros

 

à chegada, contudo......

a minha anfitriã estava acometida de uma indisposição extremamente aborrecida que a retinha prostrada no apartamento

coisas que se comem…. infelizmente acontece.

 

o menage-a-trois começou logo aí

com a menina a ser mimadérrima por dois homens incansáveis

em idas à farmácia, cházinhos, torradinhas

caldinhos, festinhas e muitos beijinhos

(pois, pois…)

 

mas resultou

no dia seguinte já desfrutámos

de uma cautelosa ida tardia até à bonita praia

e a enfermazinha depressa se recompôs

pelo que, ao final da tarde

já lançava descaradas provocações aos seus enfermeiros

 

nestas coisas das menages acontece que

apesar do “miolo sexual” ser muito bom

o que fica por vezes a demarcar a ocasião são as situações limítrofes

os pequenos pormenores, etc


esta foi uma menage muito “calminha” (tendo em atenção o sucedido na véspera) mas começou de uma forma absolutamente deliciosa e que resultou muito tesuda

 



estávamos os três à varanda/terraço do apartamento


a noite estava amena

havia animação de rua num largo mais abaixo

e bastantes outras pessoas enchiam outras varandas do complexo

algumas delas bastante perto

naquele canto do bloco de apartamentos em “L”

 

Nita gemeu e pensei que a indisposição voltara para a / nos atormentar

não podia estar mais enganado.  (que tótó !!!...)

ela gemera porque… as mãos marotas de Zé já haviam encontrado o caminho pela saia acima até àquele belo par de nalgas

 

ri-me… ela riu-se… Zé assobiava…

bom… menage é menage, pensei

e num ápice, muito discretamente

a minha mão direita também passeava na pele sedosa


- ó pá, olhem lá as pessoas – resmungou Nita, sem muita convicção

- quero lá saber das pessoas!?! Ninguém vê… - respondeu Zé, armado em bruto

a minha mão continuava a amaciar aquele belo traseiro e já tinha o ferro em brasa

 

entretanto, a mão de Zé desceu para zona mais recôndita

ficou o traseiro à minha mercê

estoicamente, ela continuava “serena”

ora fingindo-se interessada no espectáculo embaixo

ora olhando o céu estrelado


- está uma noite linda, não está ?...

perguntei eu, gozão, continuando a apalpá-la a preceito

- m…mmm – fez ela apenas

- estás a gostar de ver as estrelinhas ?...

tornei eu, gozando ainda mais

- hummmm, sim. – gemeu ela


Zé ria-se, com ar muito sacaninha

- daqui a bocado ainda vês mais !... – replicou ele

- quero já… - gemeu Nita, pousando a cabeça nos braços, já ofegante

- não, não…… tens de esperar… só quando eu disser.


e ali continuámos à varanda, olhando toda aquela gente

com Nita “presa” entre ambos

já a contorcer-se dos prazeres que lhe dávamos

 

a certa altura resolvi ousar um pouco mais

fingi sair da varanda, sentei-me no chão

e deslizei para debaixo da saia de Nita

houve um momento de surpresa de ambos... depois riram

um ou dois preparativos e…. a minha língua começou a trabalhar

levando mais desassossego a Nita, que estremecia de alto a baixo

estava incrivelmente húmida - principiando a ficar irrequieta

 

não bastasse isto… logo de seguida, Zé ajoelhou-se atrás dela

enfiou a cabeça pela saia e fez-lhe botão de rosa

a pobre Nita parecia estar no epicentro de um terramoto

 

ainda aguentou alguns minutos mas… depois ficou-lhe insuportável

sentir tudo aquilo sem deixar que se notasse


de repente, com um gritinho e uma risada

“fugiu” para dentro da sala num pulo

Zé desequilibrou-se e ficou estatelado no chão

ambos desatámos à gargalhada

 

depois, lá fomos, feitos malucos, de gatas e a rir, atrás de Nita

corremos as cortinas e procurámos por ela

para lhe administrarmos o “tratamento” definitivo

 


como já disse, esta menage foi muito calminha

feita de longos preliminares

menos “vigorosa” que outras no passado

mas nem por isso menos gostosa !

 

 


 

 

fazer preliminares como estes nossos

numa varanda ou a uma janela

pode parecer um pormenor sem grande relevância

mas…

aconselho-vos a experimentarem

tem a sua dose de adrenalina sem que se corram grandes riscos de “atentado ao pudor”


 


 

sinto-me: iniciando...
música: So Far Away - (Dire Straits)

publicado por sextrip às 11:23
link do post | comenta a Trip | adicionar aos escolhidos
8 comentários:
De Someone Else a 18 de Setembro de 2007 às 18:29
qual pormenores sem relevância...preliminares assim é que é...já tive algo parecido...são tão excitantes...


bjos


De sextrip a 20 de Setembro de 2007 às 10:13
pois são !!!
mas, por vezes, fico algo espantado com uma certa falta de imaginação nas pessoas para algo tão simples.
pensa-se tanta vez em coisas extremamente elaboradas (como sinónimo de "sexo imaginativo") quando uma pequena coisa, de momento, espontânea, pode surtir bem mais efeito.

beijos


De Infiel a 19 de Setembro de 2007 às 02:22
lol
tenho a certeza que até eu ja podia ter sido acusada de "atentado ao pudor" com muito menos do que descreves
gostei da "adrenalina"

vou xonar e sem manel hoje......


De sextrip a 20 de Setembro de 2007 às 10:15
« tenho a certeza que até eu ja podia ter sido acusada de "atentado ao pudor" com muito menos do que descreves »

acredito bem que sim !!! lol lol
(não sei... é cá um feeling....)

espero que tenhas "xonado" bem - beijos


De Infiel a 22 de Setembro de 2007 às 01:30
Lol ai se eu contasse tudo hihihi


Xonei muito bem, muito obrigado uhmm adormeci que nem um bebe


De Miss Bradshaw a 30 de Novembro de 2007 às 14:06
adoreiiiiii!!!!!!

U-A-U!! agora é que a minha curiosidade esta mesmo tramada! xD

so uma coisa....o que é o botao de rosa?


De sextrip a 1 de Dezembro de 2007 às 12:26
"botão de rosa" é, basicamente, lamber o ânus a alguém.
eu prefiro compará-lo a um "minete anal", lol, pois também tem os seus truques e savoir-faire...

(não precisas "corar" - que ninguém nasce ensinado é uma verdade...)
beijos



De Miss Bradshaw a 1 de Dezembro de 2007 às 14:06
esclarecida! =D lol

sim ninguem nasce....e nestas lides de alcova sou realmente uma leiga lol

*********


Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 37 seguidores

.pesquisar

 

.Abril 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.tags

. todas as tags

.ESCOLHIDOS

. Alguma vez amaste uma mul...

. Trintonas e boas!

. Destinatário Ausente (Ree...

. O perfil masculino ideal ...

. Deixem as crianças em paz...

. raríssimas

.links

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

SAPO Blogs

.subscrever feeds