Sábado, 29 de Dezembro de 2007

question of balance




a propósito da “passagem de ano”

e dos “balanços de vida” que se fazem por estas alturas…

 


disseram-me ontem assim :


“ – vais-me dizer que não é estúpido que ande toda a gente a fazer balanços agora !?  como se isso alterasse alguma coisa ou a malta faça aquilo que diz no ano que vem ! é tudo uma parvoíce…”

 


bem… lá vamos nós outra vez…

 

para além de continuar sem perceber muito bem esta mania de “deitar abaixo”, de desvalorizar, de criticar… num todo e indiscriminadamente… as coisas agradáveis, boas, úteis que temos e de que podemos usufruir…

 

... que mal poderá haver em fazer o balanço de um ano e desejar modificar coisas na vida ou no carácter ?!

... que há de “estúpido” em fazer-se um projecto, mesmo que ele depois não nos corra como imaginámos ?!

... que há de errado em fazer isso no momento de transição de um ano para o seguinte ?!

 


a sério… não entendo tanto criticismo acerca da situação !

 

em tudo se faz (deve-se fazer) um “balanço”.

desde a mercearia da esquina a qualquer dos bancos é feito um.

não vejo o porquê de não se fazer  o mesmo com algo tão mais importante quanto o é a nossa vida !?

 

fazer um balanço sem lhe contrapor um projecto… é algo bastante fútil, pois fica –se apenas por metade e sem objectivo algum.

e todos os “projectos”, sendo apenas uma previsão em virtude de uma projecção, têm a sua percentagem de risco de insucesso.

o que, normalmente, é evidente e deve ser esperado...

se a maioria das pessoas imaginasse como é composto um plano de negócios (que não passa também de um projecto) não seriam tão críticas para com os outros ou mesmo para consigo próprias…

mesmo um projecto feito numa base objectiva e realista está condenado à partida a sofrer alterações, a fazer cedências e reconfigurações, etc… pois o imprevisto é uma variável gigantesca.


mas… sem uma linha condutora previamente projectada então… não se tem rigorosamente nada e o imprevisto não desaparece apenas por isso !

 


a altura do ano… mais uma vez e à semelhança de outra coisa qualquer… é a ideal.

poderia ser no dia 15 de Junho de cada ano, mas… não falando de outras condicionantes bastante valorizáveis, que diferença faria ?!...  porque haveria o 15 de Junho de ser melhor, mais aconselhável , menos criticável que o 31 de Dezembro ?!....

necessitamos de um “momento” exacto, concreto, bem definido para fazermos um balanço… e não vejo melhor data, ou momento, que este !

logo à partida, por uma razão de lógica mais que evidente.

 

- aquele é um arrogante que diz não precisar de fazer “balanços” nenhuns !!!

óptimo para ele !... mas não sei se será “arrogante”.

- aquela desorganizada diz sempre que vai fazer isto e aquilo, mas nunca faz nada !!!

paciência !... problema dela… mas não sei se é “desorganizada”.

- aquele ali diz que faz balanços ao fim do ano e que lhe resultam, é um convencido !!!

ainda bem !... como poderei saber que é um “convencido” ?

 

e você, meu caro (minha cara), que aponta este tipo de atitudes… faz “balanços”, não faz… tem alguma linha condutora, ou não… é 100% carpe diem ou nem por isso… (?)

qual é a sua fórmula, diga-nos lá…

 

da qualidade (honestidade, objectividade, realismo, etc) dos balanços de cada um… não podemos saber, apenas podemos especular acerca de alguns casos que nos rodeiam ou conhecer os de algumas pessoas mais “chegadas” caso tenha isso qualquer interesse… e definitivamente, não podemos fazer da nossa opção pessoal a “bitola” para olharmos todos os outros.

julgar ser o centro do mundo não é item muito inteligente num “balanço”…

aliás... normalmente exclui essa necessidade.

 

 

 

Já agora…

 

BOAS ENTRADAS

PARA TODOS

 

( até pró ano )


 


 


sinto-me: encerrado para renovações
música: O Fortuna, velut luna "Carmina Burana" - C.Orff

publicado por sextrip às 17:21
link do post | comenta a Trip | adicionar aos escolhidos
12 comentários:
De estreladosul a 29 de Dezembro de 2007 às 20:24


Ca por mim, k até sou bastante desorganizado, normalmente , somos sempre dois a fazer o balanço. Eu e a minha almofada, todas as noites fazemos o balanço do dia. Tambem nao sei se será muito bom, mas é no dia a dia k se aprende com os nossos erros.

K o novo ano traga ao meu amigo tudo de bom e do melhor.

1 grande abraço e até para o ano

Mario Rodrigues


De Miss Bradshaw a 29 de Dezembro de 2007 às 21:06
ola =)

eu ja fiz o meu balanço e tu ate o leste! por isso nao percebo o porque desse criticismo para com quem os faz! É um resumo dakilo que foi a nossa vida nesse ano,vimos o bom e o mau,o que pode ser mudado e o que ja nao tem emenda!

eu faço balanços depois do natal (nunca é positivo) ,depois da passagem de ano( consumos.....positivos ate) depois de uma relaçao,endim do que precisa de ser "balançado"! que faz esse comentarios,é um grande toto!!!

tudo dxi bom o que o bom de 2007 seja o meu de 2008! ;)

beijinhu "cota" do meu coraçao!


De sunshine a 29 de Dezembro de 2007 às 21:06
Mais importante do que a altura em que se faz, é fazer esse balanço. Só assim, quando paramos para pensar e reflectir, nos é possível melhorar, é preciso partir pedra sobre pedra, para se poder andar em frente. Os balanços pessoais são essenciais e saudáveis. A transição do ano, permite-nos marcar uma nova etapa, necessária enquanto condição, para se poder levar avante os objectivos delineados. Funciona como o motivo.
Boas entradas também para ti, e não te esqueças de entrar com o pé direito!
Beijos


De MissMe a 30 de Dezembro de 2007 às 08:56
Olá.
Eu acho que nunca fiz balanços, especificamente, por ser o final de um ano, de um ciclo solar.
Faço uns quantos ao longo do ano, normalmente em alturas de alguma situação mais especifica que me acontece, seja positiva seja negativa.
Para mim "balanço" significa "reflecção" e, portanto, aprendo sempre com essa atitude.
Reflectir dá-me uma optima oportunidade de corrigir e tentar não repetir o que não gostei.
Se "errar é humano", a repetição eterna do mesmo erro é, no minimo, burrice ou masoquismo.

Não acredito que haja alguém 100% 'carpe diem'.
Os condicionalismos sociais não o permitiriam.
Há sempre alguém que, quer na vida pessoal quer na profissional, depende muito mais do nosso 'diem' que do nosso 'carpe'... lol, mas há que ir tentando subir a percentagem!

Fazendo um balanço neste momento (por ser para ti), diria que neste ano descobri varias coisas que não conhecia, que não se veem exteriormente, que encontrei dentro de mim mesma, que me surpreenderam e que me enriqueceram como ser humano.

Valorizo muito a subjectividade que tudo tem; sejam sentimentos, sejam opiniões, sejam modos de vida.
Este ano conheci mais uns quantos locais, mais umas quantas formas de viver.
Quando conhecemos "mundos" diferentes do nosso também nos tormamos mais tolerantes. Um passo mais para nos tornarmos melhores seres humanos.

Resumindo o balanço: Evolui. (O que, aliás, tento fazer desde que existo).

Beijo grande para ti e os meus votos de que o novo ano te traga...
ainda mais evolução!
(E que a partilhes, conforme o tens feito...)
: )



De Ana a 30 de Dezembro de 2007 às 23:31
Eu também fiz um pequeno balanço... Já não é a primeira vez que o faço! E até acho positivo fazê-lo... É que para além de recordarmos os bons momentos passados, também relembramos os erros cometidos e aquilo que aprendemos com eles!

Bom ano novo
Beijo


De Maaf a 31 de Dezembro de 2007 às 10:41
Não! Não é estupido fazer balanços... Estamos num país democrático (acho eu), podemos fazer o que entendermos...

(estou de mau humor, não dormi...)


De 4_epul a 31 de Dezembro de 2007 às 12:50
passei apenas para desejar um bom ano!


De Bolota a 1 de Janeiro de 2008 às 23:02
Um excelente 2008 tio (hoje sinto-me uma "chavala mt bem"). Que nos continues a brindar com aquilo que és..
Eu cá não faço desses balanços. Deixam-me deprimida. Nada como as coisas acontecerem e irem tendo as suas consequências. Coisa que tb nao me impede de evoluir claro está. Enfim..modos de vida.


De Bolota a 1 de Janeiro de 2008 às 23:09
Uéléléé fui a autora do primeiro comentário do ano.
Isto não merece uma prendinha qualquer? ouvi dizer..


De marta a 2 de Janeiro de 2008 às 11:34
Eu acho preferível fazer um balanço, nem que seja nesta altura do ano, do que nunca fazer nenhum e por vezes viver na ilusão!

Bom ano para ti


Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 37 seguidores

.pesquisar

 

.Abril 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.tags

. todas as tags

.ESCOLHIDOS

. Alguma vez amaste uma mul...

. Trintonas e boas!

. Destinatário Ausente (Ree...

. O perfil masculino ideal ...

. Deixem as crianças em paz...

. raríssimas

.links

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

SAPO Blogs

.subscrever feeds