Quinta-feira, 3 de Janeiro de 2008

vaipe 758-08/A twilight zone




o meu primeiro "momento twilight zone" de 2008



vou para beber o meu cafézinho
(rever aquela mulheraça, que não vejo desde o ano passado)
olho para o outro lado da rua e...

!!! a esplanada cheia !!!



são meia dúzia de mesas e cadeiras
que estavam cheias e ainda havia gente de pé
estava frio e vento, mas claro... lá me lembrei da nova lei
passo, dou "boas tardes", entro e...

!!! o café completamente vazio !!!
eu era o único cliente





a piorar o "momento twilight zone"...
ela não estava
.fónix.
!!!!!!!!!!



beber o café em silêncio

a ouvir o motor dos balcões

o tic-tac do relógio

rodeado de cartazes enormes (vários) a proibir fumar

com o ranhoso por detrás do balcão feito estátua de gárgula

e a ouvir as conversas animadas lá fora

foi uma cena bem estranha... acreditem !




preciso de outro café... aquele não me soube a nada



música: All Night Long - (Diana Krall )
sinto-me: desconsolado...

publicado por sextrip às 15:45
link do post | adicionar aos escolhidos
De sunshine a 3 de Janeiro de 2008 às 18:23
No café que frequento, reparei que a faixa etária predominante dentro do café é o das pessoas mais velhas, dos 30 para cima ; em contrapartida a esplanada, que é fechada, estava cheia sobretudo das camadas mais jovens, a porta estava fechada, devido ao frio, e pairava no ar uma densa nuvem de fumo...
Para mim, a medida é correcta e ainda bem que está a ser cumprida.


De sextrip a 4 de Janeiro de 2008 às 11:29
ainda ontem me disseram assim:
- é pá, até parece que andas em campanha pelos fumadores...

bom... acho a observação imbecil e facciosa !
também tive uma opinião acerca do aborto e não vou abortar... (ou outro exemplo qualquer).

não estou "contra" a lei - apenas acho a sua implementação hipócrita !
mais... desconfio dela.

para mim, as coisas deveriam ser simples e claras - não o são e o sururu com os casinos é a primeira amostra disso mesmo.
a próxima será o emergir de negociatas em redor dela, como os "sistemas de renovação de ar reconhecidos oficialmente" e etc... que irão (quase de certeza) ocasionar "empresas credenciadas" pelo estado e tudo o mais.

"leis" não devem ser coisas dúbias, feitas para mascarar outras intenções como perseguir grupos de pessoas, desgravar governos das suas obrigações e criar ocasiões de negócio.

neste caso (como noutros), o governo conta com os apoios moralistas que ocasionam precisamente fundamentalismos do género "se o gajo é contra a lei, é a favor dos fumadores"... o que na minha opinião, é extremamente "triste".

oiço coisas do género "todos os fumadores deviam morrer de cancro do pulmão" e fico deveras decepcionado com um grande grau de pequenez que se atinge neste país.

º

há muito tempo que vou a um café/pastelaria em que os proprietários, há muitos anos, por sua iniciativa (e direito), proíbem o fumar dentro do estabelecimento... só o permitindo também numa esplanada fechada (no verão é aberta).
esplanada fechada essa que, tanto quanto sempre vi, tem duas simples "ventax"... e no entanto nunca lá vi nenhuma nuvem de fumo pairando.

esse café de que falas... incorre numa multa, porque, ainda que não estando bem clara a lei (ainda), já impõe a obrigatoriedade de haver sistema de exaustão de fumos nas áreas de fumadores.
"giro" não é ?!
"não está inteiramente definido, mas... a gente multa já"

é por estas e por outras que somos um "povo desconfiado" !...
é por estas e por outras que sou "chato comá potassa".


De sextrip a 4 de Janeiro de 2008 às 11:51
só mais um apontamento (que gostaria de tornar "fixo" algures, mas não sei como o fazer) para que se entenda porque aparento, por vezes, ser anti-poder, ou anti-governo, ou seja o que for que me faça parecer "contraditório"...
"eu explico"...

trabalho com empresas e... nas minhas funções... vejo a quantidade, a especificidade, o inexorável, o RIGOR, etc, de obrigações que um "estado" exige às empresas... caso (como é o caso) de serem legais, legítimas, idóneas !
um conjunto tal de situações que, sem dúvida e com toda a legitimidade, apontam principalmente para aquilo que popularmente se designa por "clareza".
que, acreditem-me, a ser levado a rigor é tarefa de monta nos mais diversos aspectos, que obriga a uma honestidade sem mácula.

e depois, nada raras as vezes, o oposto, o feedback... o sentido "estado -> empresa" é precisamente o oposto daquilo que se exige.

isto, meus caros... é tão simplesmente aquilo que nos acontece também como indivíduos e que faz com que poucos governos neste país tenham sido de confiança !
apontam-se os deveres, omitindo-se os direitos.
exigem-se obrigações, demitindo-nos das nossas.
o que acaba perpassando para o cidadão comum.
(ou ainda não se percebeu semelhante coisa ?!)

portanto... a quem lhe interessar... pode me chamar de "comunista".
não me importo...


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 39 seguidores

.pesquisar

 

.Abril 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.tags

. todas as tags

.ESCOLHIDOS

. Alguma vez amaste uma mul...

. Trintonas e boas!

. Destinatário Ausente (Ree...

. O perfil masculino ideal ...

. Deixem as crianças em paz...

. raríssimas

.links

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

SAPO Blogs

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub