Quinta-feira, 3 de Abril de 2008

em caso de dúvida, consulte o seu... ( menage )



poucos dias atrás tive uma “pequena ménage” em que, por razões que não vêm ao caso, fiquei simplesmente a receber sexo oral, com um 69 muito breve de permeio.

 

depois disso… houve uma conversa muito interessante e agradável… já só entre machos… pois ela estava efectivamente muito cansada e adormeceu no sofá… cabeça no colo dele, pernas sobre as minhas.


 


copyright Really Corking


o simplesmente a receber sexo oral… aconteceu… foi episódico… não é “o costume” e há muito que não sucedia.

mas fez com que… parte da conversa recaísse sobre a altura em que nos conhecemos, há quase quatro anos atrás.

 

eles haviam colocado um anúncio num site e nele diziam, claramente, que desejavam encontrar um homem que estivesse na disposição de apenas receber sexo oral.

Curiosamente, falámos mais agora acerca disso do que naquela altura e soube de coisas que desconhecia.

 

por exemplo… soube que eu era a “derradeira tentativa” deles… que se não tivesse resultado comigo, muito provavelmente teriam desistido de tentar.

e que estive quase-quase a nem sequer chegar a conhecê-los por causa de um energúmeno qualquer…

 

a história, a esta distância, é “engraçada”.

 

tiveram poucas respostas ao tal anúncio.

oito ou nove, segundo se lembram.

já o esperavam… pois não tinham a pretensão de ombrear com outros casais que pretendiam (ou diziam pretender) tudo-e-mais-alguma-coisa nos encontros.

e, ainda assim, após uma primeira apreciação ficaram resumidos a cinco candidatos.

curiosamente… eu era o último.

o facto de não ter web-cam e de ter afirmado (no mail de resposta) que não apreciava longas (e arrastadas) conversas no messenger relegou-me para essa inglória posição… o 1º lugar dos perdedores (eheheh).

 

entretanto… começaram com as conversas no messenger, com vista a eventuais encontros em pessoa, etc… o que é uma sequência de acontecimentos muito comum nestas coisas.

 

o primeiro – que era aquele que aparentava ser mais do agrado de ambos (sim, de ambos) – “espalhou-se ao comprido” logo na primeira conversa.

muito rapidamente passou da converseta delicodoce à insistência massacrante para que não fosse “apenas” sexo oral e… pouco depois… tornou-se mesmo impertinente ao afirmar que aquilo era uma proposta muito egoísta da parte do companheiro dela.

 

é em alturas destas que, sem duvida alguma, se confirma que há gajos muito broncos, cromos em absoluto mesmo !

poderão fazer os juízos que bem entenderem acerca de um homem que aceite fazer uma ménage-a-trois com a companheira e mesmo adjectivá-lo como a vossa moral ditar, mas… “egoísta” ?!?...

essa… só mesmo para rir !

 

bom… algo de semelhante aconteceu com o segundo e o terceiro contactado… sempre a dita insistência para que fosse algo mais do que sexo oral.

e continuava-se no reino da cromite.


se, num anúncio, se escreve que “esteja na disposição de apenas receber sexo oral”… é isso, exactamente, que temos de ler !

não se inventem “entrelinhas” que não existem, que não estão sequer subtilmente sugeridas.

o argumento de que “há outros casais que dizem o mesmo e depois, afinal, querem mais” não se emprega !

talvez até se aplique àquele caso mas… não se sabe, não se emprega.

é estúpido jogar com esse argumento, igual a tantos outros na cretina presunção de que “se dá com uns, dá com todos”.

até existem casais que gostam dessa demonstração machista, okay… mas há que o definir sem margem para dúvidas antes de se avançar…

(ou assim deveria ser... pois esta observação de nada vale a um espírito 100% machista)

contar com o argumento de antemão, ainda que não se empregue… pode trazer alguma frustração, algum desencanto, que só terá um responsável.

 

esse “depois, afinal, querem mais” cabe ao casal expressar… mais ou menos claramente...  depende.

quem responde ao anúncio… é convidado, aceitou a proposta que lhe foi feita e das duas uma… ou aceita a forma com naturalidade… ou aceita daquela vez e, vendo que não lhe interessa repetir ou investir, por ela se fica.

 

sem papas na língua afirmo… se sexo oral não vos é aliciante ou sexo bastante por si só… não respondam a anúncios desse género.

há um leque enorme de convites de casais, para as mais diversas práticas, mesmo com homens singles… que não se compreende este alvitrar e a respectiva insistência.

ou julgam-se mais “espertalhões” do que o homem do outro lado ?!

se assim “julgam”, são muito mais ingénuos do que pensei…

 

chegados ao quarto e ao último (eu… snifff…) houve uma “troca” relativa.

o quarto não respondia aos mails nem aparecia no messenger.

de forma que… apesar de já algo desmotivados com tudo aquilo… decidiram marcar encontro comigo.

só que… porca miséria… naquela altura estava em serviço no norte e não pude marcar para os dias seguintes… ficámo-nos para dali a semana e meia, mais coisa / menos coisa.

mas… ficou “marcado e garantido” após uma conversa, dividida entre o messenger e o telemóvel (disso lembro-me bem) e depois de uma insistência muito grande (que também recordo e que estranhei) para que eu respeitasse o que haviam escrito no anúncio.

 

mas… é no entretanto que o quarto resolve aparecer.

gostaram bastante dele, no Messenger… depois ao telefone… e lá acabaram por aceitar o encontro em pessoa.

foram “passear um bocadinho” e… pouco depois… tudo corria bem, as libidos já estavam afogueadas e tal… pensava-se já num poiso mais intimista, etc… e zás… mais aquele que põe a pata na poça !!!...

 

bom… não entrámos em muito pormenores, nem é necessário !

este tipo de situações são extremamente aborrecidas e nem “à distância” são agradáveis de revisitar em pormenor.

 




quando liguei para combinarmos sítio, hora, etc… lá ouvi que era para esquecer, que haviam decidido não ir avante e afins.

ou seja… tudo indicava que... por interposta cromite alheia, lá ia ficar o Sextrip “a arder”, como se usa dizer.

notei contudo, que apesar da boa educação na conversa (são-no, sempre foram) havia ali um… agridoce qualquer, uma certa “revolta” muito bem disfarçada, muito subtil, mas que pressentia.

tinha pensado cá para comigo, “estes encontraram outro, que lhes agradou mais” mas… depois daquele “tom” na conversa, repensei… "hummm, nã… foi outra coisa"... havia desencanto ali.

e lembro-me que, no fim da conversa... já com a nega definida por eles e aceite por mim… lhes disse apenas:

- vocês é que sabem, evidentemente, mas… se um dia quiserem encontrar-me, mesmo só para conversarmos, nada mais… eu gostaria imenso ! nem toda a gente é igual…

eles nada comentaram, apenas agradeceram, despediram-se e pronto… (paciência) “esqueci” a ideia…

 

acho que quase duas semanas depois, ligaram-me…

encontrámo-nos numa esplanada à beira rio e falámos durante um par de horas…

começou “seca” mas… acabou bem disposta e agradável afinal.

para nada avançámos nesse encontro… nem no seguinte, eheheh.

e sim… nos dois primeiros encontros, só recebi sexo oral.

e encontrámo-nos para jantar, sem nenhum sexo em vista.

e encontrámo-nos para um segundo jantar nas mesmas condições e…

 

e je ne regrette rien… como canta(va) a vossa chanteuse preferida !


gosto muito de vocês e… apesar de tudo… “ainda bem” que há cromos que não se sabem comportar... ou não vos teria conhecido.

 


 

sinto-me: (não sei explicar exactamente)
música: Je Ne Regrette Rien - (Edith Piaf)

publicado por sextrip às 18:33
link do post | comenta a Trip | adicionar aos escolhidos
10 comentários:
De MissMe a 3 de Abril de 2008 às 19:27
olá.
Eu sei que isto nem é o fulcro da questão e (muito provavelmente) vai parecer-te uma pergunta descabida... mas fiquei mesmo na dúvida:
-Só receber sexo oral era mesmo só receber ou pode pressupor dar (subentendidamente) também?


De sextrip a 3 de Abril de 2008 às 20:11
olá MissMe... boa tarde

não vejo porque haveria de ser "descabida"...
por vezes há anúncios que dizem algo do género "com a mulher do casal, só sexo oral" e essa questão fia portanto em aberto... mas no caso do anúncio deles dizia exactamente "receber".
de qualquer forma e por exemplo... essa é uma pergunta que se pode colocar durante as conversas, seja no msn ou em pessoa.
não é uma coisa que seja... assim !!!... uma grande falha e sempre se compreende alguma ambiguidade.
(a não ser que nos deparemos com pessoas muito susceptíveis, claro)
há casais que têm os seus limites, do que é que "só o marido pode fazer" e... só há que aceitar isso (ou então não se responde).

tudo isto é diferente de se dizer que se aceita o "apenas sexo oral" (seja âmbiguo ou não) e depois andar ali, constantemente a querer forçar outra situação.


De MissMe a 3 de Abril de 2008 às 20:23
Boa noite!
:)
Compreendi que era sexo oral. Ponto.
A minha dúvida surgiu porque me coloquei no ponto de vista do casal e achei que procurar alguém só para receber não era assim tão estimulante... ou, pelo menos no meu ponto de vista, se fosse dar/receber, o seria mais, apenas isso.
Acho que compreendes o que quero dizer.
:)


De sextrip a 3 de Abril de 2008 às 20:45
tens razão... boa noite então...

« e achei que procurar alguém só para receber não era assim tão estimulante...»
até concordo contigo, mas... contrariamente ao que muita vez se julga (ou convém a alguns fazer crer) este meio, deste tipo de práticas, é um mundo muito diversificado.
existem as mais diversas razões (algumas até bem estranhas) para as preferências de cada um e... dificilmente contemplo "pressupostos".
quanto muito, podemos pensar em situações mais conhecidas, como por exemplo...
- aquelas em que o companheiro é mais dominante na situação e é quem define as regras...
- ou de casais que querem estas situações como experiências "rapidinhas" e que consideram que assim é suficiente...
- ou mesmo de mulheres que gostam mais de fazê-lo a recebê-lo, que (acredite-se) existem.

mas, creio bem que, na grande maioria dos casos, o "apenas sexo oral" é outra forma de dizer "sem coito, vaginal ou anal".
tudo o resto acaba sendo "gerido" com naturalidade.


De MissMe a 4 de Abril de 2008 às 09:50
Bom dia, boa tarde, boa noite!
:)
(Aquilo não era uma correcção, era apenas a minha constatação de que o sol já se ía...)
Mas, já viste que até nisso, nós (portugueses) temos de complicar?!

As vontades das pessoas têm sempre de ser respeitadas. Seja em sexo, seja no que for (aqui nem se punha a questão de chocarem com as de quem responderia, porque, lá está, se não lhes agradava, simplesmente não respondiam: simples.

Eu também interpretaria assim: «(...) o "apenas sexo oral" é outra forma de dizer "sem coito, vaginal ou anal"», mas o "receber" era tão explicito que (desculpa), mas tenho alguma dificuldade em antever o porquê do empenho nessa procura.
Claro que a minha dificuldade é porque isso a mim não satisfaria e estou a julgar os outros por mim (admito)... lol, mas isso já seria outra questão.

Acredito que o mundo, dentro da menage, seja muito diversificado. A própria menage já é uma diversificação do sexo "julgado" convencional ou "convencionalizado" e também acredito que, como dizes, existam vários tipos de razões para as preferências de cada um, mas essa "dissecação" deveria dar-te para vários posts, portanto, considero-me semi-satisfeita com a resposta... :)

Beijos.



De Maaf a 4 de Abril de 2008 às 11:07
Oi... Já tinha saudades de um post "sexual"....

Realmente, "há males que vêm por bem..."



De masturbador a 13 de Abril de 2008 às 14:19
Ainda bem que ainda há pessoas que não são estupidas e que pensam um bocadinho...


De Joana a 15 de Setembro de 2008 às 03:57
OI, acabei de descobrir o teu blog e confesso que estou xeia de vontade de o explorar mais mas, a esta hora so tenho uma pergunta urgente: existe a tua versão feminina???eu e o meu namorado estamos fartos de procura-la (ainda n xegamos aos anuncios d jornais).temos varias propostas masculinas mas femininas escasseiam podes ajudar?*


De diariodeumamulhermadura a 20 de Outubro de 2008 às 11:26
oh joaninha, claro que há, há sempre para quem quer procurar e bem.



De diariodeumamulhermadura a 20 de Outubro de 2008 às 11:25
simplesmente excelente


Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 37 seguidores

.pesquisar

 

.Abril 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.tags

. todas as tags

.ESCOLHIDOS

. Alguma vez amaste uma mul...

. Trintonas e boas!

. Destinatário Ausente (Ree...

. O perfil masculino ideal ...

. Deixem as crianças em paz...

. raríssimas

.links

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

SAPO Blogs

.subscrever feeds