Segunda-feira, 25 de Junho de 2007

Tânia - uma mulher (parte 1 de 3)





para ti - tu sabes - sentes-me



(componente "A")


fomos dar um pé de dança - eu, a Dina e o Ekse.
detesto discotecas onde os decibéis nos esmagam os pensamentos, onde não entendo sequer que coisa é aquela que estou a dançar, onde se têm de gritar frases soltas em vez de conversar.
sou cota, não esqueçam - mas mesmo na juventude preferia os bares ou pubs.
mas aquela nem é das piores - com uma zona afastada, onde se pode estar sem ser aos gritos.

dançava eu com a Dina, juntou-se-nos o Ekse que (lóco, como de costume) começou a dançar de forma muito provocadora.
tanto com ela, como comigo.
ela também o começou a fazer, roçando-se ora em mim, ora nele.
contagiado com aquilo, deixei-me ir também - gerou-se ali uma cena de puro tesão.

ora :  eu com 46, eles os dois perto dos 40 - eramos já bastante diferenciados num mar de malta entre os 20 / 25 anos.
com aquela cena então - ficámos notórios.
houve mesmo quem tenha parado de dançar para topar melhor a cena - diria até que suscitámos algumas tusas alheias.
(curiosamente reparámos nalgumas expressões faciais, aqui e ali, algo incompreensíveis em rostos tão jovens, supostamente mais open minded)

acabada aquela música, recolhemos à zona afastada, rindo-nos à brava com o sucedido.
comentámos as eventuais confusões geradas naqueles espíritos desavisados, mudámos de assunto, bebemos, rimos e acabámos por ir embora.
para a nossa cobóiada, como diz o Ekse.



(componente "B")


nem uma semana depois - andava a trabalhar naquela zona.
estou a beber algo fresco numa esplanada e reparo numa rapariga a galar-me.
(sim, a galar-me descaradamente - não há outro termo)
estava numa mesa, acompanhada de outras raparigas e fazia-se notar pelo seu galanço sem qualquer disfarce.

contrariamente a muitos homens na minha idade, não sou muito propenso a "mocinhas novas".
não tenho grandes fixações em "coisas tenrinhas" - prefiro ter de dar ao dente.
não significa isto no entanto que me faça rogado ou arme em snob.
ela era bonita e o meu ego agradeceu a galadela que retribuí, numa ou duas ocasiões.
mas ...... acabei por mergulhar na leitura do meu "EQUADOR".

nem dei por elas se irem embora.
acabei a minha bebida - estava na hora de voltar ao hotel, refrescar-me, sair, jantar e curtir-me alone.
(Dina e Ekse não estavam disponíveis e não sou pessoa de me impôr)
vivo bem em solidão - não imaginem cenas de filme noir, que não há cá disso.

quando vou para pagar, diz-me o empregado:
- a sua bebida está paga e a senhora deixou isto.....
com um sorrisinho que era suposto ser malandrote, deu-me um papel.
era uma folha de agenda, tipo filofax, dobrada em quatro, que dizia apenas:
amanhã (era o sábado) o "nome de um bar" e acabava em "?"

não reprimi uma risada - aquilo era completa novidade para mim, nunca me tinham feito uma daquelas.
(até que achei uma cena bem à anos 50, lol lol)
fiquei atónito, divertido e deliciado - tudo ao mesmo tempo.
o empregado continuava ali, como se esperasse uma resposta ao invulgar bilhetinho.
ainda pensei em perguntar se sabia o nome da senhora, mas ...... o gajo tinha ar daqueles que se armam em espertos e não estava com paciência para ouvir algo no género: "mesmo que soubesse, não lho dizia".
além do mais - preferia assim.
- Okay, obrigado - disse-lhe apenas e lá se foi ele embora, com o tal sorriso pretensamente malandreco.
(poupem-me - o gajo cuscou o bilhete, foi o que foi)

º

concerteza serei um mau exemplo do macho luso-latino, mas ...... o meu sábado (de trabalho) decorreu sem ânsias, pulgas ou contagens decrescentes de horas.
só por volta das sete da tarde, no meu regresso ao hotel, me lembrei do bilhete.
no entanto já decidira, obviamente que iria ao blind date - só precisava de saber onde era o tal bar.
informei-me, soube onde ficava, soube que era mais concorrido após as dez da noite, soube outras coisas.
jantei, vadiei um pouco e pelas 10 e um quarto lá estava à porta.

surpresa - bonito, muito agradável, bem decorado e (pasme-se) com música de verdade, no volume certo, perfeito.
(Simply Red, no momento em que entrei - mas uma selecção de velhos e novos se sucedeu, com muito bom gosto)

foi o primeiro sinal que me levou a pensar que aquela mulher seria algo mais que "uma coisa tenrinha".
ou aquele bar era o seu gosto pessoal - ou percebeu que seria do meu agrado - ou ...... ambas as coisas juntas.
o que - em termos de engate feminino - tem sempre um cariz de "maravilhosamente perigoso".
aceitaria o desafio.
olhei em redor, atentamente - não a vi, não estava.
pedi uma bebida, escolhi uma mesa visível mas, não espalhafatosamente mesmo frente à porta.

(rapazes : é deselegante fazê-lo - uma mulher quererá encontrar-nos, ver-nos, mas pode não querer que isso seja visível para toda a gente - nunca fiquem escarrapachados frente à porta de entrada, dá muita cana, pode ser muito desconfortável para ela ;  desculpem lá dizer-vos isto)


onze da noite, nada - meia noite, nada.
depois - resolvi "esquecer" e curtir o bar.
algumas boas fotos pelas paredes, um interessante jogo de snooker, várias figuras interessantes mostrando a sua produção cuidada, uma ou duas meninas daquelas mais ousadas para perus-recheados (mas nada de grave) e a boa música continuando.
porém - passava já bastante da uma da manhã e ...... nada.

não estava propriamente "repousado" desde as seis e meia da manhã.
sem outro interesse para além do bar-edifício-música, nada mais me prendia ali.
numa parede revestida a cartão, para dedicatórias, desenhos, etc (muito gira) escrevi:

AMANHÃ, "NOME DO BAR" ? (o que ela havia escrito no bilhete)
é um sítio ao meu estilo - adorei
talvez venha a perceber como soubeste - voltarei
o bilhete ficou muito incompleto sem um nome
beijos, ainda assim
ass. Equador


"foi giro, obrigado", pensei com um sorriso e ...... saí.

sinto-me:
música: Desert Rose - Sting & Cheb Mami

publicado por sextrip às 00:17
link do post | comenta a Trip | adicionar aos escolhidos
30 comentários:
De Maaf a 25 de Junho de 2007 às 10:48
Que cena meu!! A gaja foi muito chunga ou não sabia escrever... que odio! Queria tanto saber o que ias fazer com ela..


De sextrip a 25 de Junho de 2007 às 11:54
ou ...... estava a "jogar" comigo.
certo? ;)
querias saber o que eu ía fazer com ela???? lol lol lol
espera mulher - o post é "parte I", não está completo.
não quero maçar os leitores - há que (re)criar um certo suspense que também houve na altura.

bom dia Maaf - :)


De Someone Else a 25 de Junho de 2007 às 10:49
ela até foi simpática, deu-te a conhecer um novo sítio. lol
bjos


De sextrip a 25 de Junho de 2007 às 12:03
sim - a história até se podia ficar por aqui, que nem ficava mal.
mas não - tem uma continuação.
(ontem até que já a tinha praticamente acabada - mas resolvi "cortá-la" a meio, pelas razões que já disse à Maaf)
continuo a frequentar o bar, sempre que vou para aqueles lados.
mas deve ter mudado de gerência - a última vez que lá fui era mais House e Techno.

bom dia Someone - ;)


De Someone Else a 25 de Junho de 2007 às 12:57
sabia a priori que haveria continuação ("parte 1") lol, se bem, que é como tu dizes, se ficasse por aqui já não ficava nada mal.
gosto deste ambiente de suspense. ;)

bom dia sextrip lol
bjo


De T.M.S. a 25 de Junho de 2007 às 13:33
Pois não ficava, mas há homens a quem não se pode deixar nada SUSPENSO, se é que me entendes.
Sempre quero ler como ele nos tira disto, porque o menino tem a mania das TORTURAS DOCES.
Eu não tenho tempo para andar por cá a ler mas apertem com ele, senão começa a enrolar e ainda escreve para aqui um romance mais lamecha que os do Paulo Coelho.
Só não conto já aqui o final porque me tratou por coisinha tenrinha, que apesar de fazer lembrar os escalopes de vitela gostei de ler. São enfim daquelas nossa fraquezas.
jinhos


De Someone Else a 25 de Junho de 2007 às 15:08
fartei-me de rir ao ler os teus comentários. essa dos escalopes de vitela e dos dedos a tamborilar tá demais. lol. temos de apertar mais com ele então. agora fiquei ainda com mais curiosidade de saber o final... ;)
bjnhos


De T.M.S. a 26 de Junho de 2007 às 14:01
Pois é, eu também estou à espera do final.
A tamborilar


De Someone Else a 26 de Junho de 2007 às 14:13
oh, mas tu já sabes como é o final, eu não. loool
eu é que estou a tamborilar.

(já são duas contra um sextrip, eheheh)

bjnhos


De sextrip a 27 de Junho de 2007 às 03:11
«(já são duas contra um sextrip, eheheh)»

hummmmmmmmm

I LIKE IT !!!!!!!!!!!!!!!



De T.M.S. a 25 de Junho de 2007 às 13:06
Quando é que acabas ? Estou à espera e a tamborilar com os dedos. Devo avisar-te [a bem da tua integridade física] que isso é um péssimo sinal numa mulher.

Fora essa conversa foleira sobre GALAR, vais bem até ao momento.
Os homens é que GALAM. As senhoras flirtam. Nunca mais aprendes.
Por tua causa já me chamaram CHUNGA. Não te vou perdoar essa, vais pagar-mas. E não te desculpes com a rapariga, que ela não tem culpa nenhuma, nem me conhece. TU é que mas pagas.
E também havemos de falar sobre essa gaja do café.
Ai tens muito que explicar. Ai tens, tens. Ouves os dedos a tamborilar?
Não me venhas com beijinhos e conversa de cordel.
Escreve mas é o resto.


De anonimo a 25 de Junho de 2007 às 14:17
até eu te queria galar, deves ser pouco boa
tambem vou a esse site, sou o kadu18


De sextrip a 25 de Junho de 2007 às 17:03
ó Kadu
espero que o "18" sejam centímetros.
se são anos - vais ter de pedalar.

(o anónimo Kadu certo!!!)


De T.M.S. a 26 de Junho de 2007 às 13:53
[espero que o "18" sejam centímetros.
se são anos - vais ter de pedalar.]

És tão mauuuuuu
Deixa lá o moço tentar a sorte dele.


De sextrip a 25 de Junho de 2007 às 17:00
olha!!!!!!!

ó pá, não comeces já a dar-me na cabeça.
ia telefonar-te quando estivesse tudo escrito - mas a menina, como de costume, não espera um pouco.
parte logo para o ataque, não é?

pois ...... flirtam, okay!!!!

tá bem, okay, eu pago ...... +

êuu... gaja do café?!? não estou a ver......

por enquanto, não oiço nada a tamborilar - mas pode-se dar um jeito.
sabes que o som não se propaga muito bem a longas distâncias, mas ...... se se encurtarem as distâncias, obviamente, ouvir-se-à melhor.

ia mandar-te "montes" deles - daqueles que tu gostas (sim, os tais) mas pronto : não os queres, não mando.

agora - senta-te, relaxa, bebe um chá verde geladinho e aguarda mais um pouco.



De Tytas a 25 de Junho de 2007 às 13:29
Afinal sempre há mulheres que se atrevem a tomar a iniciativa que cabe ao homem, quero saber o resto da historia, aguardo.


De anonimo a 25 de Junho de 2007 às 14:08
convida-me para 1copo linda qu gostva de ver as tuas tytas


De sextrip a 25 de Junho de 2007 às 17:07
"Afinal sempre há mulheres que se atrevem a tomar a iniciativa"

Nem imaginas Tytas, nem imaginas!!!
(ainda agora a procissão vai no adro)


De T.M.S. a 26 de Junho de 2007 às 13:58
Achas que estou para ficar à espera até chegar a velha ?
Não me pareceeee.


De anonimo a 25 de Junho de 2007 às 14:03
é só gaijas deves estar todo satisfeito pá


De anonimo a 25 de Junho de 2007 às 14:05
mas sempre fornicas-te a gaija ou não?


De sextrip a 25 de Junho de 2007 às 17:21
inveja, inveja


De sextrip a 25 de Junho de 2007 às 17:24
claro que não forniquei.
então não vês que a história acabou e que fiquei a chupar no dedo???
fui alugar uma boneca insuflável em 2ª mão e já gozei.


De sexy_hot a 25 de Junho de 2007 às 18:07
Essa é boa.
Olha lá, ela tem razão nós não galamos! looool
Hum... estou em pulgas para saber o resto!
Ainda demora muito?


De Maaf a 26 de Junho de 2007 às 16:53
Este gajo é mesmo louco... Qualquer dia, entra aqui alguem de surpresa e eu estou a rir que nem uma louca por tua causa.


De sextrip a 27 de Junho de 2007 às 03:15
« entra aqui alguem de surpresa e eu estou a rir que nem uma louca por tua causa »

óptimo!!!!
uma pessoa que não ri, tem a alma doente.
ri-te mulher, ri-te.

beijos


De T.M.S. a 26 de Junho de 2007 às 13:13
???-Então-???


De sextrip a 26 de Junho de 2007 às 14:58
hoje - ainda a coloco hoje.
estou cansado, passei a noite a trabalhar, ainda não dormi.
e a disposição não é a melhor.
beijos


De Madeirense Marafada a 26 de Junho de 2007 às 18:18
vim cá ter ao teu espaço por recomendação do blog O Amante e não imaginas a satisfação e o prazer senti. São poucos os blogues que possuem uma verdadeira escrita erótica e nos consegue envolver de tal forma que só nos apetece ir ali e já voltar;). Curiosamente andamos em sintonia, porque nestes dias o meu pensamento está virado para uma fantasia que irei realizar amanhã...menage à trois. Ao ler os teus textos sobre este tema despertou-me ainda mais o desejo e confesso que já ando em ponto de bala:)beijos e xupadelas profundas


De sextrip a 27 de Junho de 2007 às 02:47
«Curiosamente andamos em sintonia, porque nestes dias o meu pensamento está virado para uma fantasia que irei realizar amanhã...menage à trois.»


que gozes cada segundo, cada instante.


Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 37 seguidores

.pesquisar

 

.Abril 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.a vingança dos ursinhos...

.piaçaba

badge

.tags

. todas as tags

.ESCOLHIDOS

. Alguma vez amaste uma mul...

. Trintonas e boas!

. Destinatário Ausente (Ree...

. O perfil masculino ideal ...

. Deixem as crianças em paz...

. raríssimas

.links

.já tiveram uma trip

contador de visitas
contador de visitas

.em trip neste momento

online

.olha as horas !!!

relojes web gratis

.petição contra encerramento do Hospital Dona Estefânia

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

SAPO Blogs

.subscrever feeds