Sábado, 14 de Julho de 2007

nocturno - miradouro



era o nosso segundo encontro.
iríamos beber algo, falar um pouco e...
seguiríamos para o primeiro menage deles.
Éme e Éle são estreantes no HM+H
mas arranjaram um local para o fazerem.
já havíamos combinado tudo por tlm.

atrasei-me um pouco no trânsito.
(apenas 10 minutos, mas aborrece-me sempre)
quando cheguei, senti que algo não estava "bem".
" - há problema? vocês parecem-me tristes."

o local para o encontro ficara indisponível à última hora.
só o haviam sabido depois do telefonema, já eu vinha a caminho.
desdramatizei a situação.
se era pelo facto de eu ter vindo, não tinham que estar assim.
podíamos conversar um pouco mais, conviver...
o resto, ficaria para outra altura.

no entanto - ofereci-lhes uma ida a um motel, a meu cargo.
Éle não se sentia à vontade com isso.
além de que havia uma segunda questão:
quem inviabilizara a ida para o tal local estava à espera deles,
não iam poder estar muito tempo comigo.
pelo menos - não tanto tempo quanto haviam desejado.
"- aproveitemos então o tempo que temos" - disse-lhes.

estivemos de conversa (muito picante) durante uma hora.
depois passeámos até um miradouro.
estava bastante vento, mas não estava frio.
sentámos num banco a ver a cidade iluminada a nossos pés.
Éle no meio de mim e de Éme.

ninguém à vista - miradouro vazio.
Éme começou a acariciar uma perna de Éle.
segundos depois tinha a mão bem lá dentro do vestido suave e solto.
não esperaram muito para que eu fizesse o mesmo.

Éle tinha as coxas a ferver e não havia cuequinha alguma.
fiquei logo quente - mulheres de vestido e sem cuecas é uma tara.
além de alguns "choques" com a mão de Éme, encontrei o que desejava.
uma coninha macia, quase toda depilada, com um grelo saliente.

contudo, Éle estava nervosa - foi notório.
continuámos, docemente, apenas a acariciá-la,
o mais que o vestido nos permitia.

Éme olhou novamente em redor - eu idém - ninguém!
então ele abriu o pequeno zipper que partia do meio do decote dela.
aberto de par em par, expôs um belo par de mamas.
juntos e sem tirar as mãos de dentro do vestido,
fomos chupando e lambendo.
quase dava para ver os mamilos a embicar e a enrijecer - que tusa!!!

Éle foi descontraindo.
quando os nossos dedos lhe exploraram novamente a ratinha,
já estava húmida.
abriu-se às nossas carícias,
pondo cada uma das pernas para cima das nossas,
ajeitando-se melhor no banco, reclinou a cabeça para trás,
fechando os olhos e gemendo...

sempre controlando em redor,
eu e Éme tudo fizemos para a levar ao orgasmo.
os nossos dedos faziam malabarismos dentro dela,
fantasias desenhadas com sensações.
chegou a lá ter quatro, dois de cada um - irrequietos e malandros...
mas foi difícil, pois ela não se deixava ir o suficiente para o atingir.
demorámos um pouco, mas, por fim, lá chegou!

depois - gozava eu ainda a coninha finalmente encharcada
e os bicos rijos e bons de chupar - Éme pôs-se de pé.
sacou do pau escuro e rijo e enfiou-lho na boca.
ela chupou-o com gula enquanto procurava o meu com a mão.
tirei-o para fora e ela agarrou-o com força - ficou agradada.





contudo, na posição em que estávamos,
a minha mão na rata dela, a mão dela no meu pau,
estorvavam-se os braços - não resultava.
tirei a minha mão - os meus dedos quase pingavam!

ela flectiu-se para vir mamar no meu pau que reluzia de inchado.
tinha imensa água na boca e mamava gostosamente.
Éme tentou virar-lhe as ancas - percebeu-se logo qual era a sua ideia.
mas Éle disse logo que "não", que se aparecia alguém topava tudo.
era verdade!
"- esperem..." - disse eu.

coloquei-me noutro ângulo.
sentei-me nas costas do banco, pernas abertas, pés no assento.
ficava quase de costas para a única entrada do miradouro.
rapidamente fiz com que percebessem que...
se alguém surgisse, ainda que nos visse, não entenderia os vultos.
teríamos tempo para nos compormos - mas Éme teria de controlar.

ela ficou de pé, dobrada de frente para mim,
com as mãos nas costas do banco, mamava-me com deleite.
Éme, por detrás dela, levantou-lhe um pouco o vestido
e espetou-lhe o pau.

em poucos instantes - aquilo foi demais para eles!...
Éle gemia que se vinha de novo.
Éme veio-se ao fim de uma dezenas de estocadas.
eu estava longe disso.
" - quero que te venhas..." - disse-me ela.
sorri um pouco :  " - sou demorado e está difícil " - resumi.
"- deita-te no banco, eu fico a ver se vem alguém." - disse Éme.

Éle mamou-me, lambeu-me, mordiscou-me, engoliu-me...
estava debruçada sobre mim, perto da minha cabeça - torci-me um pouco.
conseguia chupar-lhe as mamas pendentes e enfiar-lhe dois dedos.
a leitada de Éme ainda de lá escorria...

de repente - foi o flash.
"- venho-me, venho-me..." - avisei.
ela bateu-me o pau com vigor.
a minha leitada esguichou direita ao seu peito,
soltou uma exclamação de surpresa e agrado.


depois......
Éle parecia principalmente surpreendida com a naturalidade com que tudo acontecera e com o facto deles os dois terem tido tanta e a mesma vontade para o sucedido no miradouro  -  Éme parecia ainda estar a interiorizar tudo aquilo ou então... estava com uma grande ressaca da adrenalina.


já estavam atrasados - tinham de ir.
despedimo-nos com o desejo de voltarmos a estar juntos.
no tal local - para outros vôos...

fico a aguardar.



sinto-me: nocturno
música: Mas Que Nada - (Black Eyed Peas)

publicado por sextrip às 17:30
link do post | comenta a Trip | adicionar aos escolhidos
5 comentários:
De Someone Else a 14 de Julho de 2007 às 19:19
ai também fiquei com vontade. pena que não fodas com pessoas da minha idade, senão já sabia quem convidar para um menage... (kidding)

bjo


De sextrip a 14 de Julho de 2007 às 23:52
ólá Someone

no mínimo...... vais ficando com ideias do que podes desejar e/ou esperar de uma menage.
não precisa ser uma coisa muito elaborada (que muita vez apenas gera ansiedade) e onde "não custa nada" haver cumplicidade mútua (mesmo entre pessoas desconhecidas).

beijos


De Anónimo a 14 de Julho de 2007 às 23:01
Simplesmente suberbo...


De sextrip a 14 de Julho de 2007 às 23:54
agradeço!

(lol lol - não estou habituado a elogios vindos de anónimos - normalmente é para me arrearem alguma bronca)

volta sempre.


De Ninfa a 4 de Setembro de 2010 às 04:51
Wow


Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 37 seguidores

.pesquisar

 

.Abril 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.tags

. todas as tags

.ESCOLHIDOS

. Alguma vez amaste uma mul...

. Trintonas e boas!

. Destinatário Ausente (Ree...

. O perfil masculino ideal ...

. Deixem as crianças em paz...

. raríssimas

.links

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

SAPO Blogs

.subscrever feeds