Segunda-feira, 3 de Março de 2008

querida margarida




poucos dias atrás disseram-me algo como:

 

– essa ideia do sexo sempre como uma coisa pejorativa também já não é bem assim… já é um bocado exagero !

 

bem… se compararmos a ideia actual com a que era vigente no século XVIII… sim, é capaz de ser um bocado “exagerada”.

 

eu, como me reporto sempre à época da minha formação sexual (período mais ou menos nebuloso entre 1972 e 1980) como factor de comparação, não lhe acho assim “evolução” de maior.

ou melhor… não considero que se tenha evoluído o que seria esperado em termos de mentalidade… já deveríamos estar noutro patamar !

há coisas abordadas abertamente nos anos 60 - os chamados "anos da revolução sexual" - que afinal ainda hoje são tabu, das quais ainda se fala à boca pequena.


se alguém achar isto "normal"... não serei eu de certeza !


 

 

ontem de manhã li uma notícia acerca de um eventual filho secreto (coisa a que já nem ligo) da falecida princesa Margaret Rose de York e… a certa altura, em caixa realçada, dizia-se o seguinte (ou mais ou menos):

 

Escândalo…

Descobriu-se que o legado da princesa Margarida incluía mais de 550 livros eróticos e mesmo vários Guias Sexuais.

 

margarida... princesa


ora… antes de continuar… vou-vos pedir encarecidamente que me enviem o maior número possível de mails a confirmarem-me que estamos MESMO, de certeza absoluta… no século XXI.  (preciso mesmo que o façam porque, nestes momentos, fico com sinceras duvidas que estejamos tão cronologicamente avançados)


 


não é “curioso”… nem “invulgar”…

nem “irreverente”… nem “inesperado”.

já nem tenho a pretensão de pedir

que seja "espectacular" ou "fantástico".


é “escandaloso” !!!…

 

(escândalo é uma coisa “má”, não é ???... ou já mudou de conotação e eu não dei por isso ?!?...)

 

escandaloso que uma MULHER… ainda por cima uma PRINCESA… lesse e/ou coleccionasse livros ERÓTICOS… credo, sobre SEXO… e ainda por cima, a desavergonhada deixou-os como LEGADO !!!

e GUIAS SEXUAIS ?!?!?... isto admite-se ?!? uma mulher, uma princesa, casada ainda para mais ?!?... para que seriam esses guias ?!?...  que vergonha, que ultraje… nem se imagina a vergonha da mana mais velha...

 

(o esqueleto da Victória então… deve andar às piruetas dentro do caixão…)

 

enfim… okay, pronto… calhando, sou eu que sou “exagerado” em considerar que a mentalidade sobre o sexo que prevalece nas nossas sociedades ocidentais, civilizadas, etc… é pejorativa e castradora.


mas parece-me que há muita gente que continua a passar essa mentalidade nas páginas de jornais… que são lidos por milhares e milhares de pessoas... com a já habitual "desculpa", idiota e mal intencionada, de que "é o que as pessoas querem ler"...

 

º


 

margarida... mulher


a princesa Margarida de York foi o único ente desta família real britânica que alguma vez me seduziu, como pessoa e como mulher !

meninas “bem comportadas”, como a Diana, nunca fizeram o meu género…

 

talvez a casa real britânica tenha, neste momento, uma das melhores colecções de literatura do género.

aproveitem-na, valorizem-na e preservem-na.

 

 ora... vou a mais um




Ei, pessoal !
Vamos falar
de sexo !

 

sinto-me: ensonado...
música: Shapes Of Things - (Gary Moore)

Terça-feira, 12 de Fevereiro de 2008

moral e... moralistas




GRANDES  incómodos  têm surgido ao facto de eu, neste blogue, ter dedicado alguns artigos a outras temáticas que não ao sexo.


 


 

tem claramente a haver com pessoas pequeninas, porcas e virais que consideram que eu, como “tarado sexual”, como “perverso”, como “gajo que só pensa em fodas” não tenho o direito de me expressar neste blogue acerca de outros temas.


(por favor... esforcem-se por imaginarem uma grande gargalhada)


 


bom… há muito que já lá vão os tempos em que “vocês” criticavam, ajuizavam, ofendiam e depois exigiam “respeito pela vossa opinião”... que pretendiam ficar com a última palavra

é chão que já deu uvas !


 


meus “filhos”, minhas “filhas”… a vossa “moral(idade)” é um excremento completo.

sempre foi !...

 

eu não sou aquilo que "vocês" querem que seja !

o “meu lugar” ou o “meu papel” não é definido, nem aqui, nem em lado nenhum, pelas vossas mentalidades estúpidas, tacanhas e mal intencionadas !

 

eu falo neste blogue de coisas que “vocês” não têm, nem a coragem, nem qualquer outra  capacidade para abordarem – a que sempre se remeteram à mediocridade de apenas criticarem com clichés sem ponta para debate… ao qual nem sequer respeitam.


falam muito o direito de opinião, na liberdade de expressão, etc… mas não fazem ideia (nem querem fazer…) do que isso seja !

 

a vossa ideia de que… quem tenha uma sexualidade como a minha “não é digno”, “não tem idoneidade”, “não é passível de crédito” no debate de outras matérias e assuntos… substituo-a eu, de bom grado, pelo papel higiénico… que é mais macio, mais absorvente e sempre me deixa o cu perfumado.







eu e outros como eu somos o princípio do fim de gente como “vocês”

que não gostam verdadeiramente de ninguém, a quem aflige e incomoda a felicidade e o prazer de outrem, que criticam tudo e toda a gente que não confira ou não viva pelos vossos dogmas dos quais se consideram o supra sumo (nem mesmo “entre iguais” admitem que haja melhor que “vocês”), que em tudo vêm algo criticável moralmente… um “tudo” que, no fundo, reside na vossa face escondida !... que pretendem ser formadores de novas gerações, na mesma senda mesquinha de cinismo…


a maioria dos pedófilos, dos violadores, dos agressores sexuais a qualquer nível… são pessoas como “vocês” !

não sátiros ou libertinos como querem fazer crer… mas como “vocês” !

gente “bem”, cidadãos “exemplares”, “chefes de família”, amigos em quem se confiou por terem “grande moralidade” !...

uma estatística que não interessa promover...


são “vocês” meus lindos e lindas… quem tem uma “sexualidade mal resolvida” !…

(aprenderam esta expressão, não sabem usar outra...)

são “vocês” que amesquinham os filhos por se masturbarem… são “vocês” que têm vergonha da filha grávida e a castigam de forma vil… são “vocês” que ajuízam os vizinhos e os filhos deles… são “vocês” que fodem no escuro, amordaçados, espartilhados como estando a cometer “o pecado”… são “vocês” que vão às putas e convenientemente “esquecem” ou escondem… são "vocês" que batem na mulher porque ela sorriu para outro homem… são “vocês” que ainda defendem esses homens, porque se sentem “pecadoras”… são “vocês” que chamam “vacas” a outras mulheres porque elas se relacionam com vários homens… são "vocês" que deixam de falar a um amigo ou dão um filho como “morto” porque ele é gay… são “vocês” que emperram toda a liberdade de expressão acerca do sexo… são “vocês” que em tudo vêem pornografia… são “vocês” que realmente fazem sexo vazio, frio, sem sentimento… são “vocês” que emprestam pestilência ao sexo e lhe dão uma aura de nojo, de degradação…






são sinónimos de usurpação, de calúnia, de mesquinhez, de inveja, de ciúme, de estagnação… de tudo o que diminui o ser humano… numa mentalidade única.


onde alguém mal nenhum vê, nem intenta… "vocês" encontram as piores baixezas humanas e as mais pútridas intenções que se possam imaginar… acusam, deturpam, distorcem, forjam “provas”, ajuízam e condenam.

mas não são “imaginativos”... apenas transferem para os outros a vossa própria podridão escondida, camuflada, mascarada !  conhecem demasiado bem os “podres” de que acusam os outros… porque na verdade, são vossos !


aposto que sonham com santas inquisições modernas… em que poderiam ter tesões escondidos ao apreciarem torturas sexuais mascaradas de castigos santificadores…

 

“vocês” são piores que todos os promovedores de diversos ódios juntos !

serei vosso inimigo… sempre !


estejam à vontade no "terem nojo" de mim !... esbanjem-no ao vosso dispor...
maior que aquele que tenho por "vocês" não pode ser !

 


em suma…

meus “filhos”, minhas “filhas”…

ide praticar sodomia com essas vossas opiniões.

 

senão, ao menos melhorem a vossa “coerência”…

ide junto de todos os blogues manifestamente  “não sexuais” a recriminá-los por abordarem o tema “sexo”, para o qual não foram criados…

terão muito mais campo para espalharem o vosso estrume… acreditem.

 

 


toda a gente tem uma moral…

só os Moralistas exigem que exista apenas uma

 


sinto-me: "perfumado"
música: No Bravery - (James Blunt)

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 37 seguidores

.pesquisar

 

.Abril 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.tags

. todas as tags

.ESCOLHIDOS

. Alguma vez amaste uma mul...

. Trintonas e boas!

. Destinatário Ausente (Ree...

. O perfil masculino ideal ...

. Deixem as crianças em paz...

. raríssimas

.links

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

SAPO Blogs

.subscrever feeds